terça-feira, 8 de maio de 2012

O difícil desafio do comércio no Centro Comercial de Alphaville

É sempre a mesma coisa, passam-se os dias, as semanas, os meses e as placas de aluga-se multiplicam-se no Centro Comercial de Alphaville. Mas, por quê isso ocorre com tanta frequência?
São muitos os motivos, entre os que mais ouço estão a discriminação do morador da região (principalmente Alphaville e Tamboré), que não consomem lá, que os finais de semana são vazios, sem programação, apenas uma ou outra feirinha como me disseram, sem uma ação coordenada, promoções das lojas etc..
Por outro lado, para asfixiar o comerciante ainda mais avalio os aluguéis cobrados. São absurdamente fora de propósito, altíssimos e continuarão assim, sabe por quê?
Empresas são abertas (lojas dos mais diversos segmentos) com o dinheiro do sonho de uma pessoa em tornar-se empresário, ganhar o seu dinheiro baseado em suas habilidades (ou não). Pegam dinheiro do FGTS, de marido, de herança etc.. e montam o seu negócio.
Todo negócio, principalmente loja, precisa de tempo para "fazer o ponto" e invariavelmente esse tempo a maioria das pessoas não têm.
O aluguel cobrado em uma loja de 100 metros quadrados varia de R$ 7 a 9 mil reais, isso é fora de propósito para uma loja, mas enfim, depois de mais ou menos 8 meses a loja fecha, o ponto volta para a locação e em breve, mais um futuro empresário, cheio de planos, energia, confiança e sonhos irá alugar. Esse é um ciclo letal para a Centro Comercial de Alphaville, enquanto os proprietários não avaliarem a situação por qual estão passando, em breve, muito breve não haverão mais lojas no CCA, apenas escritórios e restaurantes.

Um comentário: